PONTO 9: -19.489929, -41.048083
RODOVIA 259 e RIO DOCE: Aimorés, MG / Baixo Guandú, ES – Brasil

Fotografia Interativa 360˚: use o mouse para interagir e encontrar diferentes perspectivas.

A distância de Vitória a Aimorés, pela ferrovia, é de 180 quilômetros.

A distância entre o Reino Unido e Aimorés é de um oceano e alguns quilômetros.

Feb-07-2022Divisa-595.jpg

A rua e a casa que eu morei na primeira infância, 1979 - 1982.

Certidão de Casamento dos meus bisavós paternos, 1928.

Clothildes Cecília de Sousa > Data de nascimento: 6 de junho de 1895 > Local de nascimento: São Sebastião da Estrela, MG > Profissão: doméstica > Mãe [minha tataravó]: Rita Cecília de Castro > Pai [meu tataravô]: não consta.

Clodoveu Corrêa de Azevedo > Data de nascimento: 2 de março de 1903 > Local de nascimento: São Sebastião da Estrela, MG > Profissão: lavrador > Mãe [minha tataravó]: Lúcia da Conceição > Pai [meu tataravô]: Jorge Corrêa de Azevedo.

Fotografias P&B 3 x 4: avó paterna [mãe do meu pai] > tio-avô criança [irmão mais novo da minha avó paterna] > prima desconhecida > tia [irmã mais nova do meu pai]. Abaixo: uma prima e moradora da divisa > Fotografia antiga de seus pais [tio do meu pai e sua esposa].

Feb-07-2022Divisa-601.jpg

Eu pedi permissão para entrar, mas tive medo de que a minha presença alterasse alguma coisa importante do passado. O que, talvez, fosse irreversível. Eu estava consciente de cada passo, por isso caminhei devagar e em silêncio enquanto a atual proprietária da casa ia me guiando na direção do que hoje era apenas um quarto. Ela me falou: "esse cômodo era a casa da sua bisavó. Quando nós começamos a construir nesse terreno, o que tinha era apenas esse cômodo com um fogão a lenha que ficava naquele canto".

Eu me concentrei no canto, imaginando o fogo aceso e o cheiro de fumaça. Não entrei, o marco da porta do "quarto" era o meu limite. Por algum motivo, eu fiquei parada esperando que alguma coisa mágica acontecesse. Nada aconteceu, mas eu queria permanecer ali naquele momento. Como o tempo não é linear, eu sabia que existia alguma fenda secreta e invisível, capaz de condensar todas as camadas do que já existiu ali. Ou do que continuava existindo sem que eu pudesse ver. Sim, eu queria inventar uma memória. Certamente ela não seria menos real do que uma fotografia, um vídeo ou um documento.

Desvio: 

Rio Doce

Tornar-se pedra

Corpo-pedra > ou

Corpo-pedra de rio

Vertigens

Memória-flash

Lá vou eu para o rio,

me sentindo arrastada

Vídeo Interativo 360˚: use o mouse para encontrar diferentes perspectivas.

Desaguar

Esgotar > Dar saída às águas

Despejar

Desembocar

Lançar

> passagens